História dos Computadores - Lembro quando o meu chefe dizia, "Eu não preciso disso"

história dos computadores


A história dos computadores, na minha vida, começa no dia que entrei em uma sala no primeiro andar da empresa que eu trabalhava (década de 1980).

Lá eu vi um Mainframe, que eu nem sabia que tinha este nome, eu era office-boy e uma das minhas funções era entregar o malote nos departamentos.

Depois deste dia o interesse pela computação me fisgou, mas ainda não sabia nem por onde começar, no entanto só quem passou por isso saberá o que estou falando.

História dos Computadores começa no Ábaco ?

A história dos computadores tem ligação com o Ábaco, afinal a palavra computador vem do Latim (computare), que significa calcular.

O Ábaco é um antigo instrumento de cálculo que usa o sistema decimal e foi provavelmente criado na Mesopotâmia há mais de 5.500 anos.

Além do Ábaco mesopotâmico existem os seus "derivados", o babilônico, egípcio, grego, romano, indiano, chinês, japonês, nativos americanos e russo.

Mas como este artigo pretende ser mais direto na história dos computadores, não vamos voltar tanto assim no tempo.

Então coloque o fone de ouvido com sua música preferida (de preferência instrumental para não atrapalhar a leitura) e vamos juntos nesta viagem.

Mainframes, máquinas que continuam e não tem data para acabar

Quando se pensa em um volume enorme de informações sendo processado o Mainframe é a palavra da vez.

A tradução de Mainframe seria, Quadro Principal, e leva este nome porque se referia ao gabinete principal que alojava a UCP (unidade central de processamento) dos primeiros computadores.

Eles dominaram a informática nas décadas de 50 e 60 e oferecem serviços de processamento a milhares de usuários.

Mainframe e a IBM

Em 1964 a IBM apresenta o System/360, em seguida outras empresas como a HP e a Unisys (na época Burroughs Corporation) lançaram seus modelos de Mainframe.

Em seguida chegou o IBM/370 e a Burroughs lançou as séries B-3500 e B-6700, atualmente a IBM trabalha com 4 versões de Mainframe.

Mainframes e o mercado de trabalho

Ai está um assunto muito interessante para quem deseja ingressar no mundo da tecnologia, afinal os mainframes continuam a todo vapor.

A questão é que a falta de profissionais é enorme, o que preocupa as empresas no Brasil e do exterior, recentemente a IBM anunciou, entre outras, vagas para atuação com Mainframes.

História dos computadores / Minicomputadores

O minicomputador é um sistema intermediário entre os mainframes e os microcomputadores e a empresa pioneira no assunto foi a DEC.

A Compaq depois comprou a DEC e os minicomputadores foram substituídos pelos chamados workstations e/ou servidores.

Eram computadores poderosos, mas não tão grandes, uma analogia possível para entender o tamanho destas máquinas é a comparação com uma geladeira.

Os mainframes já comentados podiam preencher uma sala inteira.

Década de 1980 - O início dos microcomputadores

Como a própria história do mundo, da filosofia ou mesmo do Brasil, não se pode traçar um ponto exato que demarcam as coisas.

Vou usar aqui a década de 1980 como o início da microcomputação, mas antes já existiam empresas de sucesso, por exemplo a Apple.

Osbourne 1

Este foi o primeiro microcomputador portátil comercialmente bem sucedido, lançado em 1981 pela Osbourne Compution Corporation.

A máquina pesava cerca de 10,7 kg e utilizava o sistema operacional CPM/22 e o maior problema era o seu monitor, que era muito pequeno.

Commodore 64

O C64 foi exibido a primeira vez em 1982 e lançado pela Commodore International, ficou conhecido como o computador mais vendido de todos os tempos.

Foram cerca de 17 milhões de unidades vendidas ao preço de $ 595.00 .

Atari

A Atari, além do conhecido Atari 2600, também fabricou computadores como o Atari 400 e o Atari 800, que foram descontinuados em 1982.

Os modelos foram depois substituídos pela série XL em 1983.

Apple (I e II)

Apple I foi um computador com gabinete de madeira desenhado por Steve Wosnaky e foi o primeiro produto da Apple, criado em 1976.

Diferente de outros computadores da época que eram vendidos na forma de kits para montar, o Apple I era vendido já pronto.

Apple II foi um apresentado em 1977 e foi um grande avanço em relação ao Apple I, os utilizadores podiam gravar e/ou carregar programas a partir de um áudio de fita cassete.

Sinclair

Em março de 1980 a Sinclair lançou o ZX 80, computador doméstico para jogos que usava o processador Zilog Z80.

O ZX 81 chegou como uma versão mais barata e pouco tempo depois lançou o ZX Spectrum, acredita-se que 5 milhões de Spectrum foram vendidas pelo mundo.

Veja também:

A História do Computadores e a IBM

Em 1981a IBM lançou o seu primeiro microcomputador, voltado para o uso em escritórios e/ou para o usuário doméstico.

Foi uma mudança drástica a entrada da IBM neste mercado e foi o "start" para a era dos IBM PC compatíveis.

O modelo original recebeu o nome de IBM 5150 e seu desenvolvimento ficou a cargo de uma equipe de 12 engenheiros e projetistas.

Entre muitas qualidades a IBM sempre teve um problema, a burocracia para a criação/finalização de projetos, estima-se que o simples fato de transportar uma peça de uma unidade da empresa para outra poderia levar em torno de 6 meses.

Em virtude do sucesso da Apple a IBM sentiu-se incomodada por não estar neste mercado e "liberou" os projetistas para que criassem um microcomputador no menor tempo possível.

A concorrência para o IBM PC apareceu rapidamente, e apesar da empresa tentar cobrar pelo uso da BIOs, rapidamente utilizou-se a engenharia reversa para a criação de clones.

Novos microcomputadores foram sendo criados e além de serem mais baratos, executavam os mesmos programas.

Mais dispositivos no IBM PC

O PC original possuía uma versão do Microsoft Basic (IBM K7 Basic) em rom e uma placa de vídeo CGA que podia usar uma televisão como monitor.

O dispositivo padrão de armazenamento era um gravador de K7, um drive era um extra opcional, não possuía disco rígido e haviam 5 slots de expansão.

Modelos IBM PC

ModeloLançamentoCPUCaracterísticas
IBM PCAgo 19818088Sistema baseado em disquetes
PC XTMar 19838088Disco rígido lento
XT/370Out 19838088Emulação do mainframe IBM System/370
IBM 3270 PCOut 19838088Emulação do terminal IBM 3270
PCjrNov 19838088Computador doméstico baseado em disquetes
IBM PC PortableFev 19848088Portátil baseado em disquetes
IBM PC/ATAgo 198480286Disco rígido de média velocidade
IBM ConvertibleAbr 19868088Portátil com disquetes de 3 1/2"
XT 286Set 198680286Máquina de 6 MHz que era, na verdade, mais rápida do que os ATs de 8 MHz (quando usava memória planar) por causa dos zero wait states da placa-mãe
Fonte: Wikipedia

História dos Computadores e os modelos atuais

Depois do IBM PC (e dos seus clones) muita coisa aconteceu, mas no frigir dos ovos pouca coisa mudou, além do potencial de memória e armazenamento.

Os modelos utilizados hoje em dia, como os famosos PC Gamers, seguem a mesma linha dos primeiros PCs (IBM).

Conclusão sobre a História dos Computadores

O padrão de arquitetura que seguiu-se dos IBM PC para frente praticamente não mudou e hoje em dia os Sinclairs, Ataris e Commodores são peças de colecionadores.

Mesmo assim os "retrocomputadores" possuem uma comunidade ativa e novas peças vão sendo criadas, em pequena escala, para estas máquinas que fizeram história.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato