Desenvolvimento de software: Sua empresa precisa com urgência

desenvolvimento de software


O desenvolvimento de software é de muita importância para as micro, médias e grandes empresas, mas muitas delas desconhecem este fato.

É comum encontrar nos bairros pequenos negócios que não possuem nem sequer um site e caso ele exista, na maioria das vezes, passa longe do profissionalismo.

É fato que um site é essencial hoje em dia, afinal os clientes navegam pela internet, pesquisam produtos, verificam comentários, e em muitos casos compram pela internet.

Até aqui só comentei os pontos básicos do marketing para que o cliente chegue até a empresa, mas e o sistema que cuidará das vendas, estoque e financeiro ?

Este será o assunto deste artigo, então sente-se confortavelmente e prepare-se, porque vem muito conteúdo pela frente.

Boa leitura !

Muito além do desenvolvimento de software

Quando o assunto é programação de computadores é necessário seguir a premissa de que para desenvolver um software é preciso separar o problema em partes.

Esta é a melhor maneira para desenvolver um sistema, assim pode-se criar pequenos soluções, testar e corrigir algo, se necessário.

Sabendo disso você já estar a a frente da maioria dos profissionais que em virtude da pressão no trabalho acabam atropelando partes do processo.

Vamos analisar alguns pontos importantes neste artigo.

  • O que é o desenvolvimento de software?
  • Passos principais para a criação
  • Existe uma linguagem principal para o desenvolvimento de softwares ?
  • Métodos para a criação de sistemas computacionais
  • Etapas principais para o desenvolvimento de software
  • Fugindo da pressão do trabalho
  • Desenvolvimento de software usando Clipper (Isso ainda existe ?)
  • Considerações finais

Entendendo os assuntos acima você estará a frente da maioria, principalmente dos que possuem falta de organização.

Mesmo profissionais experientes acabam pulando partes importantes de um projeto computacional, geralmente porque são pressionados com datas para entrega.

Lendo este artigo até o final, com certeza este não será mais o seu caso.

O que é o desenvolvimento de software ?

A ciência da computação é um assunto fantástico, mas exige muito estudo e principalmente experiência.

Não é com um diploma que você irá tornar-se um profissional de sucesso, prepare-se para estudar o resto de sua vida, caso queira atuar nesta área.

Um software consiste em um conjunto de códigos, criados por um ou vários programadores em determinada linguagem de programação, para atingir um fim específico.

A palavra desenvolver significa praticar, apresentar, manifestar algo para alguém ou para um grupo de pessoas, porém a visão do programador é bem diferente do usuário.

O profissional que utiliza o sistema não está interessado em saber o que foi feito, mas sim em ter os resultados que resolvam o seu problema.

Para que o trabalho seja feito com qualidade é preciso separar dois conceitos que já apareceram durante o artigo, programador e desenvolvedor.

  • Programador: Transforma conceitos pré definidos em linguagem computacional.
  • Desenvolvedor: Também conhecido como analista programador, avalia, identifica e codifica suas ideias.

O desenvolvedor faz o papel que antigamente era separado entre o analista de sistemas e programador de sistemas.

Passos principais para a criação

O desenvolvimento de software é um processo complexo e envolve várias etapas que vão desde a concepção do projeto até a sua conclusão.

Uma equipe especializada segue uma metodologia de trabalho para evitar possíveis falhas, mas esteja preparado, porque erros e/ou novas solicitações, sempre surgem.

Para a criação do sistema é necessário utilizar uma linguagem de programação, utilizando-se determinado padrão de instruções.

Este padrão é denominado como gestão de serviços de ti, principalmente quando envolve uma equipe de desenvolvedores.

A linguagem de programação escolhida para o trabalho pode fazer toda a diferença no resultado, por este motivo é necessário um estudo cuidadoso.

Existe uma linguagem principal para o desenvolvimento de softwares ?

Diferente da linguagem falada, a linguagem de programação pode ser utilizada em qualquer país, desde que seja útil para resolver o problema em questão.

Diferente das décadas de 60,70,80 e 90, a partir do século XXI, com o surgimento da internet comercial, começaram a parecer várias linguagens de programação.

Cada uma criada para determinado fim, sendo que a maioria é uma melhora de linguagens que já existiam, como o C que é a base para a maioria.

Veja abaixo uma lista com as principais linguagens de programação:

Java: Linguagem de programação desenvolvida na década de 1990 pela Sun Microsystems e adquirida pela Oracle em 2008.

Java Script: Linguagem interpretada, junto com HTML e CSS é uma das três principais tecnologias para desenvolvimento Web.

PHP: Linguagem de programação interpretada, usada para o desenvolvimento do lado do servidor. Criada em 1995 por Rasmus Lerdorf.

Python: Linguagem de alto nível, interpretada, de tipagem dinâmica e forte, da prioridade a legibilidade do código, combinando uma sintaxe clara e de fácil entendimento.

Métodos para a criação de sistemas computacionais

Encontrar o melhor caminho para que ideias possam ser transformadas em ações, os métodos ajudam nesta parte.

Através de metodologias o programador consegue otimizar o tempo, entregando em menos tempo e com mais qualidade o que foi solicitado.

O tipo de método computacional que será utilizado depende do tipo de problema abordado, deve-se considerar os aspectos, desprezar os fatos secundários e dar respostas próximas do ambiente real.

A modelagem computacional faz uso de um conjunto de métodos e ferramentas direcionadas a solução de problemas complexos.

Etapas principais para o desenvolvimento de software

1 - Levantamento de requisitos

É uma das partes mais importantes para entender o que o cliente deseja ou que ele acredita que precisa.

O alinhamento de processos está intimamente ligado ao levantamento de requisitos e caso o profissional pule este passo é bem provável que tenha que retornar para fazê-lo.

2 - Análise de requisitos

A análise de requisitos verifica as ações e características que um software deve ter, é baseada nos objetivos da empresa junto ao software que está sendo desenvolvido e a estratégia de negócios.

3 - Análise financeira

É através da avaliação do equilíbrio econômico e financeiro que o desenvolvimento de software chegará a um resultado ótimo.

Basicamente é necessário acompanhar o faturamento periódico do sistema que foi, ou será criado, os custos variáveis, os custos fixos (hardware/softwares utilizados, profissionais contratados, etc.), margem operacional, lucro operacional, vendas e fluxo de caixa.

4 - Produção de softwares

A produção de softwares, também conhecida como fábrica de softwares, foi usada pela primeira vez em 1960 por RW Bremer da General Eletric e por MD McIlroy, da AT&T.

Em suma resume-se no conjunto de profissionais que seguem padrões para o desenvolvimento de softwares, mas é claro que esta é uma explicaçã sucinta.

5 - Testes

Aqui a equipe de profissionais (ou apenas um programador) terminou o desenvolvimento inicial e coloca o sistema para testes.

E acredite, problemas vão surgir, por este motivo que deve-se deixar claro aos clientes a diferença entre a entrega do projeto final e a entrega do sistema para uma carga de testes.

Desde que não exista nenhuma demanda adicional os testes em produção devem levar, em média, uma semana, mas tudo depende do número de funções elaboradas no projeto.

6 - Implementação do sistema

Pronto, agora é só instalar o sistema nas máquinas do cliente e partir para o próximo trabalho, certo ?

Não, errado, aqui entram mais testes após a implementação, afinal estamos falando em um sistema que será instalado em várias máquinas.

Após a implementação entramos na fase dos treinamentos, que podem ser em vários níveis, desde a equipe do operacional até os diretores.

Fugindo da pressão no trabalho

Vamos acalmar um pouco agora, afinal o desenvolvimento de software não é tarefa fácil, mas o que um desenvolvedor costuma fazer para relaxar ?

Depende de cada um, afinal um programador/desenvolvedor é uma pessoa como outra qualquer, então veja a seguir uma lista de atividades que você pode realizar.

  • Ler: Começo com a leitura porque eu (Ricardo Sierban) mais me identifico, gosto de literatura clássica, mas também de livros técnicos, por exemplo, no momento que escrevo este artigo estou relendo Introdução a Sistemas de Banco de dados do C.J. Date.
  • Praticar exercícios: Aqui vai mais uma dica do que eu pratico e gosto muito, caminhadas, pelo menos 4 vezes por semana eu saio para caminhar, mas tem que ser ouvindo um podcast e gosto de caminhar a noite.
  • Encontrar os amigos: O tempo vai passando e as amizades continuam, principalmente aquelas que trazemos da infância, sendo assim, não deixe de encontrar os amigos, um happy hour é uma boa pedida.
  • Se não tiver outro jeito, mude de trabalho: Agora, se nada te faz relaxar, se mesmo lendo um livro, caminhando ou com os amigos você não consegue livrar-se dos problemas do trabalho, então, mude de trabalho. Isso mesmo, você é, ou está estudando para ser, um desenvolvedor de sistemas, então não deixe que outras pessoas acabem com o seu psicológico em detrimento de causas próprias.

Desenvolvimento de software com Clipper - Isso ainda existe ?!

Sim, existe e acredite não são poucas as empresas que ainda trabalham com Clipper e os famigerados sistemas que fizeram sucesso na década de 1990.

A questão é que a maioria dos sistemas Clipper, ainda presentes no mercado, rodam em sistemas Windows de 32 bits, mas estes estão com os dias contatos.

São computadores que, por serem de 32 bits, conseguem entender sistemas de 16 bits, já os sistemas operacionais de 64 bits conseguem ler sistemas de 32 bits, mas não de 16 bits.

E a tendência é esta mesmo, que tudo vá se renovando, então caso você conheça alguém que ainda utilize sistemas desenvolvidos com Clipper, peça para entrar em contato para eu avaliar uma possível atualização..

Harbour, a saída para quem ainda usa Clipper

O compilador Harbour foi criado para atender os profissionais que precisam atualizar seus sistemas criados com Clipper, mas sem ter que começar outro do zero.

Ele aceita os comandos da linguagem Clipper e além disso conta com a tecnologia necessária para o momento.

Quando comecei a trabalhar com Harbour fiquei surpreendido com a quantidade de empresas que precisam destes serviços.

Considerações Finais

O desenvolvimento de software é um assunto amplo e deixei aqui apenas o básico para que você continue pesquisando e acima de tudo coloque em prática o que aprender.

Eu já atuo a alguns anos com programação de sistemas e estou sempre aprendendo, sendo assim a dica principal é, busque prazer no seu trabalho, porque terá que estudar sempre.

Além da programação eu gosto do marketing, em especial o inbound marketing, principalmente a parte de copywriting.

Obrigado pela visita

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato